10 formas de economizar combustível em uma grande cidade

11 abr 2013                   0 Comentário Logo da Dinamicar Pneus

 

Economia de Combustível

Fonte: Reprodução Internet

Consumo! Essa palavrinha é mágica quando se trata de pesquisar a melhor opção de carro no mercado automobilístico. Claro que o carro dos sonhos, aquele modelo visto na TV, o design mais arrojado, também influenciam a decisão final de compra de um automóvel, mas o quanto ele gasta, de fato, é o que mais pesa na hora de encontrar o carro novo. Afinal, o preço da gasolina e até do etanol não andam os mais baratos.
 
Existem diversos tipos de motores e nem todos estão preparados para poupar combustível. Mas neste artigo, o desempenho em questão é no quesito economia de combustível. Separamos 10 dicas bastante eficazes de se poupar a gasolina e o etanol nosso de todo dia.
 

Coloque as dicas em prática e economize!

 

1 – Estar em dia com manutenção, peças e afins

 
Já parou para calibrar os pneus? Essa é uma simples medida que poupa os pneus e melhora muito o consumo de combustível. Além disso, se sua troca de óleo estiver na época de ser feita, faça! Isso melhora a fluência do motor, o que faz economizar combustível. Na época certa também troque cabos de vela e as velas, uma queima bem feita também faz economizar muito combustível.

Troque marchas com cuidado

Fonte: reprodução Internet


2 – Não troque as marchas no limite

 
Não esticar as marchas durante a aceleração, naturalmente, diminui um pouco o desempenho final, mas melhora muito o consumo. Altas rotações são boas para correr, o que em uma grande cidade não faz a menor diferença.
 

3 – Evite usar o freio desnecessariamente

 
Quem nunca andou atrás de algum motorista que usa insistentemente os freios. Pois bem, essa prática nem sempre é a mais eficaz e segura, além de fazer o carro perder ritmo. A cada retomada há necessidade de se retroceder uma marcha para que o desempenho volte ao que era. Isso faz o carro gastar muito mais combustível do que simplesmente em casos menos extremos, tirar o pé do acelerador fazendo uma pequena redução da velocidade sem perda de ritmo.
 

4 – Não use o acelerador de forma extrema

 
Você não está em uma corrida. Naturalmente, para o apaixonado por carro, testar o desempenho dele é quase um ato de necessidade, mas não há como fazer isso sempre. Ou seja, não use o acelerador como se estivesse largando em uma corrida de Fórmula 1, faça uma aceleração progressiva, de forma que a eletrônica do carro entenda que você não precisa de todo o desempenho de uma vez só.
 

Evite peso excessivo

Fonte: Reprodução Internet


5 – Evite peso desnecessário

 
O porta-malas não é depósito de tralhas que não são usadas em casa. Apesar de muitas pessoas deixarem objetos por longas datas, o ideal, certamente, não é esse. Evite colocar peso em excesso no carro, isso faz o peso de lastro aumentar, forçando mais o motor para o mesmo movimento, o que aumenta o consumo. Além disso, partes como a suspensão e pneus são prejudicadas com um desequilíbrio de peso.
 

6 – Faça leituras periódicas do consumo médio

 
A maioria dos automóveis da atualidade possui um mostrador de consumo médio. Esse elemento pode parecer figura decorativa, mas não é! A partir da sua forma de dirigir e situações como trânsito e outras variáveis, a quilometragem por litro é modificada. Estar atento a este valor faz você repensar sua forma de conduzir ou mesmo criar uma rotina de consumo.
 

7 – Fuja de congestionamentos!

 
Nem sempre é possível realizar esta etapa. Entretanto, como atualmente a maioria das pessoas possui GPS e smartphones com esse serviço, procure rotas que tenham menos paradas. Quanto menos se necessitar retomar as primeiras marchas, menor será o seu consumo.
 

8 – Evite dirigir quando está todo mundo na rua

 
Esta etapa pode não ser viável também, mas não custa sugeri-la. Afinal, há formas de se programar para não estar na rua em horários de extremo trânsito. Sair um pouco mais cedo de casa, ou esperar no escritório para evitar os horários de pico, em diversos casos ajuda a evitar o estresse do trânsito e consumo excessivo.
 

Evite Congestinamentos

Fonte: Reprodução Internet


9 – Sempre que puder, reveze com amigos e deixe seu carro em casa

 
Evitando excessos, mantendo o carro com limites de peso indicados pelos fabricantes, é viável carregar pessoas como carona e deixar que façam o mesmo por você. Assim, não é necessário tirar o carro da garagem todo dia e, consequentemente, carro que não está com motor ligado não está gastando gasolina ou etanol.
 
 

10 – Em um único uso, faça diversas atividades

 
Está precisando ir ao supermercado, ou à farmácia? Evite fazer diversas viagens em momentos diferentes. Afinal, uma linha reta é a forma mais rápida de ligar dois pontos. Se você sai de casa, vai a um destino; volta para casa e aí regressa para fazer outra atividade, porque não realizar tudo de uma vez. A conta é simples, quanto menos se anda menos se gasta.
 

Se funcionou, traga sua experiência!

 
Estas são dicas básicas, mas muito eficazes quando postas em prática. Afinal, manter um carro em perfeito estado, com impostos em dia e ainda ativo, requer um pouco de disciplina e adequação ao momento. É importante lembrar que em muitos carros o uso do ar-condicionado já não influencia concretamente no consumo. Exponha aqui nos comentários do post, suas experiências quanto à economia. Traga sua história, dê sugestões!
 

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

caminhão emitindo fumaça

Confira novidades sobre e

A preocupação com o clima é levada cada dia mais a sério. Aqui no Rio de Janeiro, saiu o segundo inventário com o objetivo de controlar as.

pirelli pzero

Ruído nos pneus? Nunca ma

Andar de carro é cada dia mais confortável, e mesmo com a constante evolução das tecnologias envolvidas, algo que vinha incomodando a indústria eram os ruídos provocados.

Nissan kicks

Nissan Kicks: o que esper

Nesse mercado de SUV que se desenvolve todos os anos no Brasil, a Nissan, que tem tradição em carros de alto padrão de qualidade, está trazendo o.