Saiba como identificar combustível adulterado

Logo da Dinamicar Pneus 06 jun 2011
Comentar

O combustível é adulterado ou não? Essa é a dúvida que permanece na cabeça de muitos motoristas. Para evitar esse tipo de transtorno, recomenda-se ficar sempre atento ao controle de qualidade do estabelecimento e desconfiar de gasolina barata.

Os sintomas de que o fato está ocorrendo podem ser muitos. Ao detectar perda de potência e motor falhando, fique atento, porque esses podem ser alguns dos sinais de que o carro está contaminado com combustível adulterado. Se você ouvir um ruído metálico quando der partida ou na arrancada, desconfie. Esse som é característico do momento em que é injetado combustível nas câmaras de combustão.

Num período curto, fica difícil dar a partida, o motor começa a falhar e a marcha lenta fica irregular. Já a médio prazo, o motor “engasga” e o carro perde a potência e a força. Com isso, o rendimento cai e a aceleração fica mais lenta.

Atente-se também ao acúmulo de resíduos na parte interna do motor, ela é causado pela queima de gasolina adulterada. Esses resíduos ocupam o espaço de movimentação das peças móveis do motor, dificultando a articulação dessas peças. Os resíduos podem atingir também a bomba de óleo. Os defeitos no motor demoram mais a aparecer, cerca de 5.000 km depois dos primeiros abastecimentos com gasolina adulterada.

Como todos já sabem, alguns postos ainda continuam desrespeitando as normas de composição da gasolina, recomenda-se que o consumidor a procure as grandes redes, que geralmente são as mais confiáveis.

Interessado em nossos produtos ou serviços? Ligue para a DINAMICAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GOSTOU DO CONTEÚDO E DOS PREÇOS? RECEBA COM EXCLUSIVIDADE NOSSAS PROMOÇÕES

Não derrape. Não eviamos spam :)

AINDA NÃO CONHECE AS NOSSAS LOJAS?

encontre a mais perto de você

Conheça as nossas
Redes Sociais

Sempre com Promoções
Exclusivas!