Cuidado: andar com o tanque na reserva pode danificar o carro

18 ago 2015                   Comentários desativados em Cuidado: andar com o tanque na reserva pode danificar o carro indicador de combustível

Para os motoristas que abastecem o veículo somente quando o tanque está na reserva, fica um alerta. Esta prática pode causar sérios danos nos componentes de injeção do veículo, além do risco de ocorrer uma pane seca. A pane seca é considerada uma infração de trânsito, e gera para o motorista infrator uma multa de R$ 85,13 e, perda de quatros pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O carro ainda pode ser rebocado, mesmo tendo um posto de combustível próximo. A pane seca é considerada uma infração, pois entende-se que o motorista estará obstruindo a via e interrompendo o fluxo dos outros veículos.

Evite deixar que o veículo atinja a reserva

Na grande maioria dos veículos, quando o ponteiro atinge a reserva, o combustível está entre 5 e 8 litros. A reserva nada mais é do que um aviso indicando que o veículo chegou a quantidade mínima de combustível considerada ideal pelo fabricante e necessita ser abastecido.

Superaquecimento da bomba de combustível

A bomba de combustível é a primeira peça a ser afetada por causa da pouca quantidade de combustível. Por ficar localizada no interior do tanque, a bomba necessita ficar totalmente submersa, pois o combustível auxilia no seu resfriamento. Com pouco combustível no tanque, a bomba pode superaquecer e queimar.

A sujeira do combustível pode afetar todo o sistema de injeção

Outro problema que também pode afetar o bom funcionamento da bomba de combustível é o acumulo de impurezas. A sujeira do combustível que fica depositada no fundo do tanque pode vir junto com o combustível e transferir essas impurezas para outras partes do sistema de injeção. As montadoras recomendam que o ideal é abastecer o veículo quando o ponteiro chegar a marca de ¼.

Loja de pneus no Rio de Janeiro

O sistema de injeção eletrônica é um dos mais importantes do veículo, necessitando de cuidados periódicos que garantam seu bom funcionamento e de seus componentes periféricos: velas, cabos, bobinas e bicos injetores. Manter uma rotina de revisão desses componentes previne que peças de maior valor sejam afetadas como sensores e centrais eletrônicas.

Fique atento às especificações técnicas das revisões no manual do proprietário. Os bicos injetores devem ser limpos e vistoriados a cada 30 mil km. O acumulo de resíduos de combustível pode ocasionar o entupimento dessas peças e comprometer o funcionamento e o desempenho do veículo.

Já conhece nossa loja de pneus na Barra da Tijuca? Confira todos nossos endereços no Rio de Janeiro: http://www.dinamicarpneus.com.br/nossas-lojas

Os comentários estão desativados.

LEIA MAIS

carro arranhado

Arranhões na lataria: sai

Imagine a seguinte cena: estacionamento de shopping ou de um grande supermercado lotado, muitas pessoas circulando com carrinhos de compras, e no final do dia, o saldo:.

caixa de fusiveis

Problema com fusíveis? Re

Seu rádio parou de funcionar? O vidro elétrico também parou? Alguns componentes elétricos estão trabalhando normalmente, mas outros não? Fique tranquilo, pois pode ser um problema fácil.

direção elétrica

Direção hidráulica ou dir

Reza a lenda que ainda existem pessoas que curtem fazer um exercício na hora de manobrar o carro. Mas para quem gosta de praticidade sem precisar derramar.