Depois da Michelin, Bridgestone anuncia pneu sem ar

13 dez 2011                   0 Comentário Logo da Dinamicar Pneus

 

Pneus utilizam resina termoplástica em vez de ar

 

O conceito de pneus sem ar já tinha sido apresentado pela Michelin há cerca de quatro anos, mas, principalmente por não ter se popularizado, foi redesenhado pela japonesa Bridgestone, considerada a maior fabricante mundial de pneus. A intenção é que essa nova linha possa ser fabricada em massa, para consumo popular, diferentemente do Tweel da Michelin. Outro ponto fraco desta linha era a forte vibração acima dos 80 Km/h, que provocava desconforto, devido ao barulho e ao aquecimento.

Pneus Sem Ar da BridgestoneConceito se apoia na sustentabilidade

Vivemos tempos em que as empresas precisam se preocupar com o desenvolvimento sustentável do planeta, levando à criação de produtos que prezem pelo chamado “ecologicamente correto”. Os pneus sem ar da Bridgestone eliminam quaisquer riscos de furos, eliminando a necessidade do uso de estepes e, principalmente, aumentando a segurança do condutor. O pneu é produzido baseado em material totalmente reciclável, com uma mistura de resina termoplástica, que substitui o ar.

Tweel esbarrou na indústria dos pneus

O Tweel da Michelin, além dos problemas estruturais, não se tornou popular devido às inúmeras mudanças que deveriam ser feitas na indústria como um todo, já que não somente as fábricas teriam que se adaptar, mas também as oficinas de automóveis ao redor do mundo teriam que reformular todo seu sistema de equipamento de montagem de pneus e balanceamento. Apesar de ser um grande obstáculo, seria impossível reformular todo o sistema, mesmo em prol da sustentabilidade?

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

manutenção de carro

Vistoria anual 2017: Data

Todos os anos, proprietários de veículos usados precisam realizar a vistoria anual do DETRAN-RJ. Os carros zero quilômetro são exceção, pois o Governo do Estado do Rio.

ipva 2017

IPVA 2017: saiba sua data

O ano novo começou, e com ele, começam também as obrigações financeiras. Taxas como IPTU, cota de incêndio, matrículas escolares e o IPVA são contas que, muitas.

motor sendo esquentado

Mito ou verdade: é precis

Os mais antigos insistem nessa prática e os mais novos já não têm tanta paciência, mas será que ainda é preciso aquecer o motor antes de andar.

Feriado 20 de Janeiro