Efeitos do excesso de peso para os veículos e estradas

27 fev 2015                   0 Comentário Execesso de peso no automóvel

O excesso de peso, além de colocar em risco a vida do próprio condutor do veículo e de outros motoristas, representa um grande prejuízo aos cofres públicos com manutenção nas estradas.

Excesso de carga dos veículos contribui para o desgaste das rodovias

De acordo com dados do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), os prejuízos pela deficiência da fiscalização de sobrepeso dos veículos já chegam a R$ 1,4 bilhão por ano gastos em pavimentação e recuperação das vias.

Esse prejuízo não recai somente na conta dos veículos pesados. Veículos médios ou mesmo leves têm a sua parcela de responsabilidade quando trafegam com peso por eixo acima do permitido por lei.

Cuidados ao transportar carga no automóvel

Antes de transportar carga no veículo consulte as especificações técnicas do manual do proprietário, pois será necessário que sejam feitos alguns ajustes de calibragem dos pneus de acordo com o volume transportado. Sem esses ajustes podem ocorrer desgaste prematuro de várias peças como, pneus, freios, suspensão e óleo. Além de aumentar o consumo de combustível e comprometer a segurança na condução do veículo.

Sobrecarga desgasta as peças e afeta no desempenho do veículo.

Pneus

Os pneus são os primeiros componentes afetados pelo excesso de carga, pois a sobrecarga imposta danifica suas estruturas causando bolhas e deformações. Em casos de transporte de grande volume os pneus precisam de mais pressão, caso contrário o carro ficará instável e difícil de controlar.

Freios

Quanto maior for a velocidade, mais será exigido quando acionando para alcançar a parada, por isso o condutor deverá guardar uma distância segura do veículo à frente e dirigir um pouco abaixo da velocidade normal a que está acostumado. Também podem ocorrer problemas com peças componentes do sistema como pastilhas, tambor e lona, acelerando o processo de desgaste natural.

Suspensão

As molas serão submetidas a maiores impactos, e esse desgaste é perceptível ao motorista através de ruídos devido e folgas na suspensão. O que causará problemas em outros componentes se o diagnóstico não for feito prematuramente.

Óleo

O consumo de óleo aumenta, djá que o motor precisa desempenhar um esforço maior para alcançar velocidade. Esse sintoma do sobrepeso é o mais difícil de ser percebido pelo motorista, por isso é recomendável, em casos de trafegar com carga máxima, revisar o nível do óleo de motor com maior frequência.

Combustível

O consumo vai aumentar devido à necessidade do motor de desempenhar a mesma velocidade de costume. A cada 100 quilos de peso, o veículo consome 1 litro a mais a cada 100 quilômetros rodados.

Antes de pegar a estrada, verifique se o seu veículo está de acordo com todos os itens de segurança especificados no manual da montadora. Confira mais dicas de como manter o seu carro sempre funcionando corretamente no blog da Dinamicar Pneus.

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

caminhão emitindo fumaça

Confira novidades sobre e

A preocupação com o clima é levada cada dia mais a sério. Aqui no Rio de Janeiro, saiu o segundo inventário com o objetivo de controlar as.

pirelli pzero

Ruído nos pneus? Nunca ma

Andar de carro é cada dia mais confortável, e mesmo com a constante evolução das tecnologias envolvidas, algo que vinha incomodando a indústria eram os ruídos provocados.

Nissan kicks

Nissan Kicks: o que esper

Nesse mercado de SUV que se desenvolve todos os anos no Brasil, a Nissan, que tem tradição em carros de alto padrão de qualidade, está trazendo o.