Freio a tambor: por que eles são menos eficientes que os discos de freio?

31 mar 2016                   0 Comentário freio a tambor

Os mais antigos vão se lembrar daquele Fuscão 1500 que esbanjava potência, mas não segurava tanto quanto deveria. Afinal, eram quatro rodas com freio a tambor, com lonas de freio. Bem, não que o sistema seja ruim, mas, de fato, não são tão competentes como o freio a disco. Você sabe o motivo? Nós explicamos. O freio a disco tem sua capacidade hiperdimensionada. O fato de ter uma pinça usando o mesmo espaço para exercer pressão uma contra outra gera mais capacidade de atrito do que duas sapatas que empurram as lonas, no caso do freio a tambor, contra as paredes, o que divide a força aplicada.

Além disso, o quesito temperatura é algo muito importante para o sistema de freios em geral. Grosso modo, os freios precisam muito de temperatura para serem eficientes. Mas o excesso de calor também pode ser problemático. No caso dos freios a tambor, por eles não serem estanques, acontece o problema do excesso de atrito superaquecer as paredes de contato, fazendo esse sistema ficar bem menos eficiente do que deveria. Por exemplo, em descidas, os freios dessa natureza tendem a ser menos eficientes que os modelos a disco.

Discos ventilados auxiliam no equilíbrio térmico do freio

Uma das grandes sacadas para evitar o superaquecimento foi a introdução dos discos ventilados, ou seja, com aberturas para que o calor possa se dissipar. Isso evita a perda de eficiência e desgaste acentuado nas pastilhas e nos próprios discos. Nos freios a tambor isso não é viável, o que faz esse modelo não ter uma eficiência térmica, mesmo nos modelos mais atuais, que são mais eficientes, muito em função do uso de componentes mais eficazes.

Manutenção do freio é na Dinamicar Pneus

Para ter seus freios sempre eficientes, submeta-os a revisões constantes. Evite desgastes acentuados em pastilhas e lonas de freios, bem como problemas nas sapatas e nos discos. A Dinamicar Pneus tem, entre os diversos serviços oferecidos nas sete lojas, os de manutenção de freio automotivo com troca de pastilhas, discos, lonas e sapatas, a fim de deixar a sua viagem sempre segura e seu carro livre de problemas indesejados. Ligue e peça agora mesmo um orçamento ou venha até a gente que seu carro estará em boas mãos!

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

direção elétrica

Direção hidráulica ou dir

Reza a lenda que ainda existem pessoas que curtem fazer um exercício na hora de manobrar o carro. Mas para quem gosta de praticidade sem precisar derramar.

calibragem nos pneus

Saiba porque pneus calibr

Você sabia que os grandes vilões do consumo de combustível podem ser os pneus do seu carro? E mais, sabia que a calibragem correta pode economizar combustível?.

Chevrolet Chevette 91

Carros clássicos: históri

Lançado pela General Motors (GM) no Brasil em 1973, o Chevette é um clássico que atravessa gerações, e até hoje possui um público fiel e apaixonado. Inteiros.