Saiba mais sobre motores de alta rotação

26 jan 2011                   0 Comentário Logo da Dinamicar Pneus

Motores de alta rotação são motores ecologicamente mais corretos que os seus atecessores. O aumento na produção e comercialização desses veículos automotores, ocorreu em todo o mundo na década de 80, levou os governos e as organizações ambientalistas a proporem mudanças para este mercado com a finalidade de diminuir os efeitos poluentes provocados por esses veículos.

A alta rotação é um recurso existente em motores mais modernos numa tentativa de aumentar a potência pelo princípio da maior injeção de ar. É de certa forma, como fazer um carro aspirado trabalhar como turbo. Este conceito já existe há bastante tempo na F1, por exemplo, na época em que foram proibidos os motores turbo, e o giro médio de um propulsor dos bólidos passou da casa dos 8 mil rpm para até 21 mil (hoje, por regulamento são limitados a 18).

Para a viabilização desses projetos é necessário:

1- Diminuir o volume de gases poluentes produzido em cada ciclo do motor, diminuindo a cilindrada,
2- Aumento das rotações, a fim de aumentar a produção de energia cinética, (massa em movimento),
3- Aumento na massa relativa do conjunto de peças móveis do motor,
4- Aproveitamento da energia cinética produzida como energia potencial compensando a diminuição da cc,
5- Melhorar projeto de vedação na região dos anéis de seguimento,
6- Controlar eletronicamente a injeção de combustível, em cada cilindro, individualmente,
7- Aumentar folgas standard e diminuir curso de pistão para alcançar altas rotações rapidamente,

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

freio muito quente

Freio: tambor ou disco na

Com o desenvolvimento da indústria, o que parecia um tanto quanto óbvio mas ainda não era colocado em prática passou a ser trazido à realidade. Foi o.

caminhão emitindo fumaça

Confira novidades sobre e

A preocupação com o clima é levada cada dia mais a sério. Aqui no Rio de Janeiro, saiu o segundo inventário com o objetivo de controlar as.

pirelli pzero

Ruído nos pneus? Nunca ma

Andar de carro é cada dia mais confortável, e mesmo com a constante evolução das tecnologias envolvidas, algo que vinha incomodando a indústria eram os ruídos provocados.