Nova versão do motor Ecotec já tem previsão de lançamento

28 out 2014                   0 Comentário Logo da Dinamicar Pneus

 

A partir do fim deste ano, a General Motors equipará veículos com uma versão atualizada da conhecida família de motores Ecotec . Descritos como mais refinados e eficientes que os propulsores atuais, são motores de três e quatro cilindros, turbo e aspirados, com deslocamentos que variam de 1.0 a 1.5 litro e potências que vão de 75 a 165 cv. Ao todo serão 27 veículos, incluindo a próxima geração do Chevrolet Cruze.

O que muda no novo motor Ecotec?

Motor Ecotec

Opção de entrada da gama, o tricilíndrico 1.0 turbo de 117 cv estreou recentemente no Opel Adam em substituição a um 1.6 convencional de quatro cilindros. De acordo com a GM, o blocou deixou o compacto cerca de 20% mais eficiente e praticamente não afetou o desempenho. Também merece destaque uma versão revisada do já conhecido 1.4 turbo que vai equipar a próxima linhagem do Cruze, rendendo 150 cv de potência. A marca promete até 5% de economia, em comparação com a motorização atual e destaca novidades como uma inédita transmissão de dupla embreagem e sete marchas.

Ecotec: conheça as vantagens

 

A GM destaca ainda que os blocos são mais silenciosos e suaves que motores semelhantes da Ford e da Volkswagen, além de terem alto grau de versatilidade, ou seja, são mais fáceis de produzir e aplicar nos mais variados tipos de veículos. Ao todo cinco países produzirão as novidades: China, Hungria, Estados Unidos, Coreia do Sul e México.

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

manutenção de carro

Vistoria anual 2017: Data

Todos os anos, proprietários de veículos usados precisam realizar a vistoria anual do DETRAN-RJ. Os carros zero quilômetro são exceção, pois o Governo do Estado do Rio.

ipva 2017

IPVA 2017: saiba sua data

O ano novo começou, e com ele, começam também as obrigações financeiras. Taxas como IPTU, cota de incêndio, matrículas escolares e o IPVA são contas que, muitas.

motor sendo esquentado

Mito ou verdade: é precis

Os mais antigos insistem nessa prática e os mais novos já não têm tanta paciência, mas será que ainda é preciso aquecer o motor antes de andar.