Civic 2.0: Mais potência para um mito!

21 mar 2013                   0 Comentário Logo da Dinamicar Pneus

 
Poucos Sedans hoje permeiam o imaginário de motoristas do Brasil com tanta força quanto o lendário Honda Civic. Sim, uma lenda, um sucesso que ultrapassa gerações da montadora Japonesa e que faz deste médio, um sucesso de venda e crítica. A mais nova aposta da Honda não é apenas o design e a confiabilidade de seus carros, comprovados no próprio Civic e no Honda Fit, mas no novo propulsor de incríveis 155cv de potência, que irá utilizar tanto gasolina quanto etanol. Enfim, o Honda Civic terá um motor 2.0!
 

Interior do novo Honda Civic 2.0

Fonte: reprodução Internet


 
O que parecia ter sido um recorrente erro da montadora, hoje, se mostra como um incrível e potencial plano de marketing para esta nova geração. Há tempos, era motivo de certa crítica um carro com design tão inovador e características joviais como o Civic, não possuir um motor de alto rendimento. Interessante, já que suas linhas e aerodinâmica sempre sugeriram esta faceta. O que parece é que a Honda esperou o momento certo para lançá-lo.

Propriedades do motor 2.0

 
Motores de dois litros por cilindrada são facilmente encontrados em linha por aí. Mas o Ivtec da Honda é um motor diferenciado. Assim como o VVTi da Toyota, esse propulsor tem a fama de ser altamente confiável e com excelente desempenho, inclusive em relação ao consumo de combustível. Suas versões menos potentes como o 1.5 16v que equipa o Fit Ex são conhecidos pelo baixo consumo e quase manutenção zero.
 
As versões que irão trazer esse novo equipamento serão LXR e EXR. O motor traz os já ditos 155cv de potência e 19,5Kgfm a 4800rpm quando abastecido com etanol, que proporciona o máximo em desempenho. Quando utilizada gasolina, a potência cai para 150cv, com 19,3kgfm de torque a 4700rpm. É o primeiro flex da Honda a dispensar a partida fria. O câmbio é automático com 5 marchas e que utiliza o sistema Shift Hold Control.
 

Na versão LXL, motor 1.8

 
Se o comprador não estiver disposto a desembolsar cerca de R$ 80 mil reais, pode adquirir a versão LXL. Neste modelo, o câmbio automático é opcional e o motor é 1.8 de não desprezíveis 140cv. O carro promete ser, novamente, sucesso de vendas e vem com força para brigar com o Corolla e Cerato.

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

caminhão emitindo fumaça

Confira novidades sobre e

A preocupação com o clima é levada cada dia mais a sério. Aqui no Rio de Janeiro, saiu o segundo inventário com o objetivo de controlar as.

pirelli pzero

Ruído nos pneus? Nunca ma

Andar de carro é cada dia mais confortável, e mesmo com a constante evolução das tecnologias envolvidas, algo que vinha incomodando a indústria eram os ruídos provocados.

Nissan kicks

Nissan Kicks: o que esper

Nesse mercado de SUV que se desenvolve todos os anos no Brasil, a Nissan, que tem tradição em carros de alto padrão de qualidade, está trazendo o.