Por que alguns carros flex pegam mal pela manhã?

24 jun 2016                   0 Comentário carro flex

Há anos, era impensável que um mesmo modelo pudesse “entender” todos os combustíveis e fazer o carro entrar em funcionamento até com a mistura entre eles. Mas mesmo com a evolução dos sistemas flex é preciso parar alguns minutinhos para uma rápida leitura no manual do equipamento para entender como funciona e quais são as demandas operacionais. O primeiro ponto a ser observado é que os combustíveis, apesar de exercer a mesma função, são diferentes entre si.

Então é muito comum que se abasteça com um combustível durante um período, por exemplo, com gasolina durante o inverno, já que o etanol é conhecidamente problemático em dias frios. Quando subitamente troca-se o combustível, quando já se está perto de encerrar o uso naquele dia, ou seja, quando o motorista faz aquele abastecimento já visando o dia seguinte e acaba colocando outro combustível, o dia seguinte poderá ser de problemas.

Por que isso acontece?

Os carros flex têm a capacidade de se adaptar aos combustíveis e suas misturas, entretanto, a central eletrônica que faz isso simplesmente precisa de uma quantidade e alguns quilômetros para que seja feita a leitura correta do combustível. Afinal, cada circunstância demanda um tipo de injeção e é a ECU do carro que fará essa gestão. O que ocorre pela manhã, após a circunstância descrita, é uma injeção imprecisa que fará muitas vezes o carro afogar ou, simplesmente, não ter a quantidade ideal de combustível para fazer o motor entrar em funcionamento.

Os manuais de todos os modelos têm a instrução do uso completo e com suas ressalvas. Por exemplo, o Grand Siena, da Fiat, pede que o carro ande pelo menos 15 km ou consuma 200 ml com o carro com o combustível novo, ou mistura, antes de pará-lo por um longo período, como a pernoite. Assim, a central fará a leitura correta, o que resolverá a questão.

Medida paliativa

Uma das medidas paliativas quando acontecer tal situação é desligar a bateria do veículo. Quando essa atitude é tomada, a central é “zerada” e o carro adota uma situação mediana na leitura da gasolina ou etanol, que fará o carro ter a sua operação facilitada.

Manutenção de injeção eletrônica é na Dinamicar!

A Dinamicar Pneus é sua loja de pneus e também é a loja que resolve diversos problemas do seu carro de uma só vez, em um só lugar. Manutenção de injeção eletrônica ajuda a manter o sistema funcionando corretamente, além de reduzir o consumo de combustível. Procure-nos agora mesmo e faça uma avaliação!

Deixe uma resposta

LEIA MAIS

freio muito quente

Freio: tambor ou disco na

Com o desenvolvimento da indústria, o que parecia um tanto quanto óbvio mas ainda não era colocado em prática passou a ser trazido à realidade. Foi o.

caminhão emitindo fumaça

Confira novidades sobre e

A preocupação com o clima é levada cada dia mais a sério. Aqui no Rio de Janeiro, saiu o segundo inventário com o objetivo de controlar as.

pirelli pzero

Ruído nos pneus? Nunca ma

Andar de carro é cada dia mais confortável, e mesmo com a constante evolução das tecnologias envolvidas, algo que vinha incomodando a indústria eram os ruídos provocados.