Risco dos Pneus Carecas

Pneu careca

Imagem: Reprodução/Internet


 
Parece meio óbvio de dizer, mas ao andar pelas estradas é fácil perceber que não é todo mundo que reconhece os perigos de dirigir com o pneu careca. Ao sair de casa nestas condições o motorista não coloca somente a sua vida em risco, mas também a de todos os passageiros e outros que estão na estrada. Os riscos são diversos e ainda, é considerado infração grave, com punição de cinco pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 127,00.
 
O pneu é considerado “careca”, segundo a Resolução 558/80 do Código Nacional de Trânsito, quando os “ressaltos” de borracha vistos de dentro dos sulcos atingem o tamanho de 0,6mm. Quando está chovendo, essa falta de profundidade dentro dos sulcos compromete o escoamento da água que fica entre o piso e o pneu, o que pode provocar a aquaplanagem e a perda de controle da direção.
 
Pneu careca não tem aderência e em estradas de terra, corre risco de derrapar, se estiver com chuva, ainda é possível a roda entrar em um buraco e você não conseguir sair. E ainda trava com facilidade, o que dificulta a direção defensiva, além de grandes chances do pneu estourar devido a falta de proteção.
 

QUAL A HORA CERTA DE TROCAR O PNEU?

 
A observação dos pneus de seu automóvel são essenciais para diagnostica se está na hora certa de trocá-los. Uma dica importante é ficar atento ao prazo de validade, que costuma ser de 5 anos a partir da data de fabricação. A informação pode ser encontrada na lateral do pneu: DOT XXXX XXXX (SSAA). O “SS” é o número da semana do ano em que foi fabricado e o “AA” é o ano. Para quem usa o carro constantemente, é importante salientar que a cada 15.000 km é aconselhável a troca de pneu para que a segurança sua e da sua família seja garantida.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário